Blog

Por que doar a nota fiscal? Entenda!

Em 2015, o Governo do Paraná criou um programa com o objetivo de estimular que os cidadãos paranaenses solicitem um comprovante fiscal ao realizar suas compras. Chamado de Nota Paraná, o projeto devolve ao consumidor 30% do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) que foi pago pelos estabelecimentos comerciais. É claro que essa ação é uma forma interessante de recuperar parte dos seus gastos, mas existe uma outra forma ainda mais positiva de usar essa quantia: doar a nota fiscal.

Como doar a nota fiscal?

A primeira coisa que você deve fazer para doar a nota fiscal é solicitar um comprovante de sua compra sem inserir seu CPF nele. Até 30 dias após a emissão do documento, você deve acessar o portal do programa (www.notaparana.pr.gov.br), clicar na aba ‘Minhas Doações’ e cadastrar a nota. Em seguida, escolha dentre as 877 ONG’s e entidades filantrópicas para realizar sua doação.

Outra forma de colaborar é colocando seu comprovante em urnas das instituições que estão espalhadas pelo estado. A própria equipe dessas entidades recolhe as notas e registram-nas no sistema.

Por que doar a nota fiscal?

Além do motivo mais óbvio, que é ajudar as instituições filantrópicas, muitas pessoas ainda encontram um outro propósito para doar a nota fiscal. Afinal, muitos cidadãos não se sentem à vontade em informar seu CPF na nota. E para não abrir mão da quantia que seria devolvida, eles preferem repassar esses 30% do ICMS para ONG’s envolvidas em diversas áreas, como: proteção animal, desportiva, cultural, assistência social, saúde e defesa.

É importante ressaltar que, mesmo que você considere pouco dinheiro, ao juntar o valor da sua nota com de tantas outras que também foram doadas, o montante se torna bastante significativo para as instituições. Portanto, se você quer fazer suas compras de forma consciente, ajudando ao próximo, pode adquirir suas roupas nas lojas Produtiva e Modella, que apoiam essa causa!

Voltar